Avalie este post: : [34] Votos

Blog Despertando interesses   



Coca-Cola será isso ai?





E se a Coca Cola destinasse uma pequena porcentagem da comercialização de seus produtos para que ONGs sérias pudessem trabalhar sem ter que se preocupar em levantar fundos?

Refletindo sobre como nossa proposta de compartilhamento de rendas através da comercialização de produtos e serviços, muitas vezes busco informações que possam despertar a atenção para a importância desse tipo de mudança de comportamento social.

Há apenas alguns anos atrás, ninguém se preocupava sequer com data de validade dos produtos. Hoje em dia, mais ninguém compra produtos fora de validade, não é mesmo?
Para que coisas como estas aconteçam, basta dar o primeiro passo. Com o passar do tempo acaba sendo incorporados aos hábitos e costumes de todos. Pessoalmente, não conheço ninguém que, nos dias atuais, compre um produto sem data de validade.

Vamos então ver como seria impactante essa transformação. A seguir vamos tentar fazer uma análise superficial tendo como referência alguns dados econômicos de uma gigante do mercado mundial.


Segundo matéria publicada no site (http://g1.globo.com/economia/negocios) em 09/02/2011
"Coca-Cola fatura R$ 17,7 bilhões no Brasil em 2010 e vendas sobem 11%"


"A Coca-Cola Brasil fechou 2010 com faturamento recorde de R$ 17,7 bilhões e um volume de vendas também recorde de 10,6 bilhões de litros dos seus mais de 150 produtos no país."
"De acordo com balanço divulgado nesta quarta-feira (9), a Coca-Cola obteve lucro líquido consolidado de US$ 5,784 bilhões entre outubro e dezembro de 2010, bem acima do montante de um ano antes, de US$ 1,578 bilhão. O lucro atribuível aos detentores de ações da companhia ficou em US$ 5,771 bilhões, contra o US$ 1,543 bilhão dos três meses finais de 2009.
"

A gigante Coca Cola, é reconhecida como uma empresa com responsabilidade socioambiental certo?.

"Coca-Cola reverte venda dos produtos em doações para Instituto próprio

A Coca-Cola reverterá todas as vendas dos produtos da marca em doações aos programas do Instituto Coca-Cola Brasil, para participar, basta adquirir um dos mais de 125 produtos do portfólio da empresa até o dia 14 de novembro, próximo sábado. A Semana Movimento Coletivo conta com três filmes na internet, que narram em formato de conto a história real de três jovens que tiveram suas vidas transformadas pelo programa Coletivo."

Por Bianca Ribeiro | 09/11/2015
Fonte: https://www.mundodomarketing.com.br/ultimas-noticias/34919/coca-cola-reverte-venda-dos-produtos-em-doacoes-para-instituto-proprio.html


Repare que suas contribuições são feitas apenas para ações de responsabilidade socioambiental apenas do Instituto Coca-Cola Brasil.
A empresa criou, segundo ela, uma plataforma onde concentra suas ações sociais que estão divididas em 7 frentes de atuação:
  • Água,
  • Embalagens Sustentáveis,
  • Comunidade,
  • Energia e Clima,
  • Vida Saudável,
  • Ambiente de Trabalho e Benefícios das Bebidas
Todas as iniciativas bastante importantes, mas, ficam algumas perguntas: Porque fica a impressão de que mais parecem ações de marketing?
  • Saúde e bem estar:
    " Coca-Cola Brasil e Fifa
    A Coca-Cola Brasil é uma das marcas mais tradicionais na história da Copa do Mundo de futebol e integra o restrito grupo de parceiros oficiais da FIFA. A companhia esteve presente em todas as edições do evento a partir da Copa de 1950, realizada no Brasil.
    "
    Isso é responsabilidade social ou estratégia de Marketing?

    Desde quando dizer que é uma marca tradicional em eventos importantes, é atuação em sustentabilidade?
  • Comunidade:
    Dia Mundial de Limpeza de Rios e Praias
    Um dia por ano? Como assim?
Chega, esse artigo não é para isso!

A intenção aqui não é de avaliar as ações de ninguém, apenas fazemos algumas reflexões sobre dados que a maioria das pessoas não analisam como deveriam.

Uma empresa desse porte, em nossa opinião pode e deve atuar de forma mais abrangente e significativa. A Coca-Cola parece não perder as oportunidades de realizar suas estratégias de marketing, onde quer que seja. Pense nisso: Renda liquida de mais de US$ 5 bilhões de dólares em apenas 3 meses, imagine se apenas 1% desse montante fosse dedicado as ONGs que atuam diariamente em condições de risco de vida.
Ora, se o barato da Coca-Cola é marketing, então que sejam mais espertos; "apadrinhe" uma ONG dessas sózinho.
São mais de US$ 50 milhões em doações, de uma única empresa, de lucros obtidos em apenas 3 meses..

Não sou economista, mas fazendo um breve levantamento, percebo que essa quantia seria capaz de sustentar a organização Médicos sem Fronteiras no Brasil, por cerca de 2 anos e meio. Indo mais além, seriam 200 Milhões em um ano, o que equivale a 10 anos de atividades da ONG.

Entendeu? Ainda Não?

3 meses doando 1% = 2 anos e meio de atividade de uma das ONGs mais atuantes no planeta.

Advertising



Vale destacar ainda que estas ONGs não precisariam mais dedicar tempo e nem boa parte de suas verbas em campanhas de arrecadações, que geralmente ficam em torno de 14% de seus orçamentos.

Acabaria com o sarampo, que tem matado milhares de crianças todos os anos por falta de uma vacina que custa cerca de 30 centavos.

Sarampo

O sarampo é uma doença viral contagiosa e uma das maiores causas de morte entre crianças.

"Enquanto as mortes por sarampo no mundo diminuíram em 71% nos últimos anos – de 542 mil em 2000 para 158 mil em 2011, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) –, o vírus da doença ainda é comum em muitos países em desenvolvimento, particularmente em regiões da África e da Ásia. Existe uma vacina efetiva e segura desde os anos 60, mas os surtos continuam a ocorrer devido à quantidade insuficiente de programas de imunização."

...

"Tratando o sarampo
A maioria se recupera em duas ou três semanas, mas entre 5 e 20% das pessoas com sarampo morrem, normalmente por causa de complicações graves, como diarréia, desidratação, encefalite (inflamação no cérebro) ou infecções respiratórias.

Uma vacina segura e de baixo custo contra o sarampo existe e campanhas de vacinação em larga escala diminuíram drasticamente o número de casos e mortes por sarampo. Entretanto, a cobertura vacinal continua baixa em países com estruturas de saúde frágeis ou entre pessoas com acesso limitado a serviços de saúde, e grandes surtos ainda podem ocorrer.

A vacinação é a melhor forma de proteção contra o sarampo e, mesmo depois que a doença já tenha começado a se espalhar, a vacina ainda pode reduzir o número de casos e mortes. A dificuldade está no fato de pelo menos 95% das pessoas precisarem estar imunizadas para prevenir novos surtos.

Em 2012, MSF tratou 26.200 pessoas com sarampo e vacinou 690.700 pessoas em respostas a surtos."
Fonte: http://www.msf.org.br/o-que-fazemos/atividades-medicas/sarampo


Ah, sim, o GreenPeace segue mais ou menos os mesmos padrões de arrecadações e gastos que o MSF. Ou seja a Coca-Cola sozinha, poderia manter 2 importantes ONGs por 5 anos, apenas com 1% de sua renda líquida anual.

Já imaginou essa gigante anunciando:
"Através de nossas doações X milhões de vidas foram salvas pelas ONGs X e Y em 1 ano de atividades?"

Caso algum economista queira colaborar com a elaboração de um artigo para esse tipo de reflexão pode começar por:

https://www.cocacolabrasil.com.br/coca-cola-brasil/relatorios/
http://www.msf.org.br/sites/default/files/relatorio_auditoria_2014.pdf
http://www.greenpeace.org/brasil/pt/quemsomos/Prestando-Contas/
Acredito que uma avaliação profissional comparativa seria algo muito esclarecedor e impactante.

O grande barato disso é:

Que o mais legal de tudo, é ser possível, e só depende de nós. De sermos mais reflexivos e empáticos e participativos.

Quantas e quantas vezes acabamos por fazer propagandas dessas empresas sem ganhar nada, usando camisetas, chaveiros, brindes etc.
Quando você anda em um carro qualquer, você está fazendo marketing do fabricante, exibindo a logomarca em várias partes do produto.

Você já viu um tenis da Nike, Adidas, etc. sem suas marcas? A verdade é que trabalhamos diariamente para essas gigantes e nem nos damos conta. E pior, eles ainda nos fazem crer que devemos contribuir mais. Em uma de suas ações de sustentabilidade, a Coca-Cola diz que toda a renda obtida de suas vendas em um determinado período, será destinada para x evento. Ora, você é quem vai pagar? de novo?

Perceba que não falo sobre você fazer doações isoladas, mas sim exigir que empresas compartilhem suas rendas.
Perceba a importância de mudarmos a forma como educação tem sido feita, devemos para com essa escola que não faz ninguém pensar, ninguém duvidar de coisa alguma.

Pense nisso!

A defesa do heliocentrismo e o processo do Santo Ofício

O sistema cosmológico, na ciência, ensinava que a Terra estava parada no centro do universo e os outros corpos orbitavam em círculos concêntricos ao seu redor. A Igreja Católica aceitava esse modelo. Contudo essa não era uma certeza tradicional na ciência da época e não era um problema discutido. O heliocentrismo já era uma ideia antiga e que nunca despertou grande interesse nem complicação. Essa visão geocêntrica tradicional para alguns hoje foi abalada por Nicolau Copérnico que se limitou a dizer o que já tinha sido divulgado pelos monges copistas em seus manuscritos, que em 1514 começou a divulgar no meio académico um modelo matemático em que a Terra e os outros corpos celestes giravam ao redor do Sol, tese que ficou conhecida como heliocentrismo. Nesse primeiro momento, não se encontram muitas críticas por parte da Igreja. Note-se no entanto, que a obra de Copérnico foi publicada com uma nota introdutória, não assinada, que explicava que o modelo apresentado devia ser interpretado apenas como uma ferramenta matemática que simplificava o cálculo das órbitas dos corpos celestes e nunca como uma descrição da realidade. Johannes Kepler descobriu que essa nota introdutória havia sido escrita por Andreas Osiander, um clérigo luterano que supervisionou a impressão da obra.[11]

Galileu viveu uma época atribulada. Durante a Idade Média, muitos teólogos já haviam reinterpretado as escrituras, mas depois do Concílio de Trento a Igreja passava a condenar esse comportamento. Galileu acabou condenado por desobediência e por proferir conteúdos contra a doutrina católica, por ignorância nestes temas, ao mesmo tempo que muitos clérigos apoiaram o geocentrismo e outros o heliocentrismo em disputas académicas.

No ano 2000, o Papa João Paulo II emitiu finalmente um pedido formal de desculpas por todos os erros cometidos pela Igreja Católica nos últimos 2.000 anos, incluindo o julgamento de Galileu Galilei pela Inquisição

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Galileu_Galilei


Exigir como?

Uma boa forma de começar talves senja simplesmente apoidando iniciativas como a nossa, onde propomos a utilização de um "SELO" identificador em produtos e serviços de empresas e profissionais, indicando que parte de seus rendimentos são destinados a ONGs que atuam nessas ações. E que seguem os princípios que regem a utilização do selo.
Ao apoiar nossa iniciativa, termos condições de criar os recursos necessários para que assim como hoje temos Creative Commons (CC), possamos ter a Social Share (SS).

Nos apoiar pode começar apenas com alguns cliques, já pensou nisso? Espalhar a ideia, fazer circular, tornar viral.

Se você acredita haver alternativa melhor, faça sua sugestão, teremos imensa satisfação em conhecer.
Enquanto isso, seguimos fazendo algo que acreditamos que esteja ao nosso alcance..
Source: http://www.owpoga.com
post by: Oliveira M.J.N
Cirugião Dentista, Especialista em EAD, Desenvolvedor web.
Jan, 28, 2016, 08:44
AliExpress
Homens Roupas & Acessórios
Harem pants
Harem pants

Modelos exclusivos de Calças Harem


AliExpress
Casamentos & Eventos
Vestidos de festas
Vestidos de festas

Vestidos para ocasiões especiais, festas, casamentos etc.


AliExpress
Homens Roupas & Acessórios
Casacos em couro
Casacos em couro

Casacos sintéticos


AliExpress
Homens Roupas & Acessórios
Calças cargo
Calças cargo

Calça do tipo militar com vários bolsos


Espaço Publicitário



   
     
     
Ref::214829

Fechar X
NewsLetters
Owpoga
*® Este sistema e todo seu conteúdo estão protegidos pelas leis de direitos autorais (registro de programa de computador) 2015

Este site utiliza cookies para obter dados estatísticos da navegação de seus usuarios. Se continuar navegando consideramos que aceita seu uso. Mais informações Aceitar