Avalie este post: : [16] Votos

Blog Despertando interesses   




Jogos RPG tem apoio do MEC, mas não os controlam.

Sep:23:2015:[04:00:00 PM]





RPG é a sigla inglesa de Role-Playing Game, que em português significa "jogo de interpretação de personagens", é um gênero de videogames. Consiste em um tipo de jogo no qual os jogadores desempenham o papel de um personagem em um cenário fictício.

O progresso de um jogo se dá de acordo com um sistema de regras predeterminado, dentro das quais os jogadores podem improvisar livremente. As escolhas dos jogadores e do Mestre determinam a direção que o jogo irá tomar.

Os RPGs são tipicamente mais colaborativos e sociais do que competitivos.
Um jogo típico une os seus participantes em um único time que se aventura como um grupo. Um RPG raramente tem ganhadores ou perdedores. Isso o torna fundamentalmente diferente de outros jogos de tabuleiro, jogos de cartas colecionáveis, esportes, ou qualquer outro tipo de jogo. RPGs agradam porque eles alimentam a imaginação, sem no entanto limitar o comportamento do jogador a um enredo específico e principlamente por se caracterizar como um jogo infinito, ou seja, não exite apenas partidas, mas um complexo sistema de atividades propostas que devem ser cumpidas em determinado(s) tempo(s).

O RPG tem seu uso amplamente incentivado pelo Ministério da Educação (MEC) como método de ensino.
É usado para aguçar a cooperação mútua e o raciocínio lógico dos estudantes.

Qual o grande problema deste tipo de jogo?

As empresas desenvolvedores destes jogos usam recursos para atrair jogadores implementando "tarefas" cada vez mais complexas, assim muitas delas acabam consumindo muitas horas de jogo para sua realização.
Isto faz com que os usuários permanecem jogando por mais tempo do que deveriam, deixando de lado as "tarefas" da vida real em segundo plano.

Por que isso acontece?

As técnicas utilizadas no desenvolvimento deste tipo de jogo, são baseadas na obtenção de um "STATUS", em cima do qual o jogador é estimulado a continuar e quere cada vez mais se dedicar a ele.
Esse status é conseguido através do sistema de pontuação criado para o jogo que diferencia cada jogador, em suas habilidades e capacidades de acordo com suas conquistas.

Advertising


Assim, este jogador, de posse de destes "poderes", tem mais chances de conseguir realizar tarefas e possuir ítens oferecidos como recompesas.

Assim, a corrida pelo destaque é imensamente valorizada forçando os usuários a permanecerem conectados cada vez mais e por mais tempo.

Uso de recursos complementares ilegais (Hacks/Bots)

Para facilitar as conquistas, muitos jogadores acabam fazendo uso de recurso proíbidos pelas empresas desenvolvedoras destes jogos, os chamados "Hacks e Robots (bots)".
Muitos são os jogadores, que para contornar o problema de terem de permanecer no jogo por horas, usam de recursos ILEGAIS para a realização de muitas das atividades propostas. Estes recursos podem, de alguma forma, facilitar a execussão de determinadas ações, ou simplesmente executá-las por tempo indeterminado por horas e dias seguidos, sem que o usuário sequer esteja próximo do seu computador.

A meu ver, é uma prática que estimula a corrupção, ao rompimento de regras.

As empresas determinam punições para estes jogadores, no entanto não se vê nenhuma forma que controle seu uso; ou seja, exstem regras mas não existe controle.
É mais ou menos como termos lei que proibem crimes, presídios para encarcerá-los, mas não termos polícia para fazer com que o sistema funcione.

Ministério da Educação incentiva mas não controla.

Como o MEC incentiva o uso desses jogos como recursos para aprendizagem, fica claro que são jogos com bom potencial para uso na educação, no entanto, nenhum tipo de controle é feito com relação a seus conteúdos e tempo de permanência nas atividades propostas. Hoje em dia é muito comum encontrarmos jogos como "Tibia" em que os jogadores tem que realizar dezenas de tarefas diárias, consumindo assim mais de 6 horas de dedicação para a conclusão das mesmas. Isso sem falar no comércio paralelo que já se estabeleceu em virtude disso, onde alguns jogadores atuam como "controladores de mundos", impondo, graças as suas habilidades notoriamente superiores, suas próprias regras para participação das atividades, que gerelmente extrapolam para vida real, a título de obtenção de lucros reais e solicitações de atos obscenos.

Neste último cenário, vemos que já se trata de caso de polícia, o que já esta começando a se tornar algo rotineiro.

Mecanismo de propagação de Bullying.

Como se já não bastasse, esse tipo de jogo depende da comunicação entre os jogadores, e isso é feito praticamente sem nenhum controle, assim, este recurso que deveria apenas fortalecer o relacionamento entre seus jogadores, acaba se tornando um recurso de agressão e especulação.

Não jogo mais RPG

Joguei, por alguns anos, e ainda gosto do mecanismo do jogo, mas sem o devido controle, se torna um recurso precursor de "stress" e difusão de conflitos.


Vale destacar também que estes jogos também estimulam o gasto de dinheiro real para ter acesso tanto a áreas privilegiadas como a ítens e recursos dentor do jogo. Tecnicamente, esta é uma forma de se obter mais lucratividade por parte das empresas desenvolvedoras, mas na realidade cria e estimula um comércio paralelo sem precedentes, e muito menos escrupulos.

Quem controla os jogos digitais no Brasil?

No Brasil, todos os jogos digitais para serem publicados legalmente devem passar por uma avaliação classificatória de conteúdos (obrigatório).
Isto não é exatamente um controle, é na verdade uma padronização de faixa etária nas quais se recomenda o uso indicativo. Este processo é feito através do Ministério da Justiça, que atualmente mudou a forma de fazer isso, adotando um padrão internacional a fim de facilitar o comércio de jogos.


IARC (International Age Rating Coalition — Coalizão Internacional de Classificação Etária). Este recurso(novo processo) faz com que a burocracia dimunua muito, facilitando assim os novos jogos a chegarem ao mercado mais rapidamente. É possível saber mais no site que divulga.

http://culturadigital.br/classind/

"Bem-vindo ao Portal Colaborativo da Classificação Indicativa, um processo democrático de proteção dos direitos da criança e do adolescente."
Para mim, classificar não é proteger.

E para você?

.
Source: http://www.owpoga.com
post by: Oliveira M.J.N
Cirugião Dentista, Especialista em EAD, Desenvolvedor web.
AliExpress
Mulheres Roupas & Acessórios
Camisetas
Camisetas

Moda verão


AliExpress
Mulheres Roupas & Acessórios
Leggings
Leggings

Quick Dry Calças de Cintura Alta Leggins Fitness trabalho...


AliExpress
Homens Roupas & Acessórios
Harem pants
Harem pants

Modelos exclusivos de Calças Harem


AliExpress
Homens Roupas & Acessórios
Cintos
Cintos

Cintos masculinos esportivos e sociais


Espaço Publicitário



   
     
     
Ref::180675

Fechar X
NewsLetters
Owpoga
*® Este sistema e todo seu conteúdo estão protegidos pelas leis de direitos autorais (registro de programa de computador) 2015

Este site utiliza cookies para obter dados estatísticos da navegação de seus usuarios. Se continuar navegando consideramos que aceita seu uso. Mais informações Aceitar